Social Impact Business #5

5 views

Dando continuidade a trilha de eventos com foco em Impacto Social aqui no habitat, "Social Impact Business", em parceria com a SAP. É uma série de conteúdos que têm sido realizados desde o início de 2019. Neles apresentaremos os 17 Desafios Globais da ONU, sempre trazendo "cases" de startups e corporações para cada desafio, com viés mercadológico, de forma a desmistificar o olhar filantrópico sobre o impacto social.

No nosso próximo SIB que ocorrerá no dia 3 de junho das 18 as 21 h. Será o # 5 dessa iniciativa, e o tema será a ODS 17: Parcerias e Meio de Implementação. Será um painel para conectar a comunidade presente com empresas e startups que trabalham com projetos sustentáveis, apresentar essas iniciativas, e usar esses exemplos para inspirar como podemos inovar com propósito.

A abertura será da Danone, por Ligia Camargo.
“Desde a sua fundação, a Danone acredita que não há sucesso econômico sem progresso social. Isto se traduz na sua jornada com o desenvolvimento sustentável da companhia e da sociedade por meio não só do seu core business, como também por meio de parcerias para o desenvolvimento de negócios sociais.

Tudo começou com um encontro entre dois homens: o CEO da Danone, Frank Riboud, e o ganhador do Nobel da Paz em 2006, Muhammad Yunus, um pioneiro do microcrédito e fundador do Grameen Bank, o “Banco dos Pobres”. Eles rapidamente descobriram sua crença compartilhada de que a criação de empresas pode ser um meio eficaz de combater a pobreza e a desnutrição nos países mais pobres do mundo - e a Grameen Danone Foods nasceu com a missão combater a desnutrição em Bangladesh.

Ao longo dos anos, a Danone seguiu firmando parcerias em prol do desenvolvimento sustentável, com outras empresas, ongs, Instituições de Ensino e a Sociedade Civil.
Um grande exemplo é a parceria entre Danone, a Ong Visão Mundial e a Aliança Empreendedora para implementação do Programa Kiteiras, que tem como objetivo desenvolver mulheres de comunidades de baixa renda por meio do empreendedorismo com a venda de kits de iogurtes por catálogos. Estas mulheres são capacitadas em habilidades empreendedoras pela Visão Mundial e no último ano pudemos constatar que kiteiras treinadas venderam 48% a mais do que kiteiras sem capacitação, o que nos faz acreditar nas parcerias como alavanca social fundamental para sustentabilidade do sucesso econômico destas mulheres.”