Summit: Impactando a Produtividade

9 views

Acreditamos que para aprender, é preciso fazer sentido! É necessário criar conexões entre o conhecimento a ser adquirido, o seu repertório de vida, as suas experiências profissionais e as necessidades de decisão ou ação. Para isso, consideramos essencial a imersão em situações
que simulem o cenário real no qual o conhecimento será aplicado, para que as pessoas criem associações entre o conteúdo abordado e o seu dia a dia.
Para promover a educação imersiva, a Metodologia Sábios de Educação Imersiva propõe a aplicação do Ciclo Vivencial de Aprendizagem, elaborado por David Kolb, a partir de técnicas de storytelling e gamificação. O ciclo foi batizado como ciclo CRIA e apresenta a vivência do aprendizado a
partir de quatro estágios: primeiro, você se depara com situações Concretas; então Reflete sobre elas; Imagina possíveis soluções e, por fim, Age. Ao aplicar esse ciclo, a metodologia sugere que situações concretas, como um conteúdo curricular, um case de empresa, uma nova habilidade ou um novo comportamento sejam abordadas no formato de histórias gamificadas, inspiradas e aderentes à cultura da organização.
A Metodologia Sábios de Educação Imersiva, propõe um aprendizado de forma divertida e interativa. Por meio de histórias que possuem metas claras de
aprendizagem, as pessoas irão refletir sobre situações-problema do dia a dia, imaginando possíveis soluções e tomando decisões estratégicas. As decisões
são seguidas por feedbacks imediatos de progresso e avanço e recompensa, fundamentais à dinâmica dos jogos, ao engajamento e à retenção do conhecimento.
Assim, você transforma conteúdos técnicos, normas e diretrizes comportamentais em experiências imersivas, que se diferenciam dos e-learning tradicionais por
promoverem a vivência do aprendizado, o envolvimento e o protagonismo das pessoas.
Esta metodologia é suportada por tecnologias que permitem criar, disseminar e gerenciar Jornadas com Experiências Imersivas, criadas com Missões e Desafios, que promovem a tomada de decisão em ambiente simulado e seguro. Essa arquitetura é hierárquica, modular e intuitiva. Veja como ela se configura:
Jornadas - São percursos para se atingir um objetivo geral de aprendizagem. Elas tratam de demandas a serem atendidas ou de desafios a serem superados por meio de fases, ou seja, de Experiências Imersivas.
Experiências Imersivas - São caminhos trilhados para se concluir uma Jornada. São histórias gamificadas que contam com objetivos específicos, vinculados ao objetivo geral, e com situações a serem vivenciadas para alcançá-los.
Missões - Apresentam os objetivos de aprendizagem e os conceitos referentes ao conteúdo abordado que aproximem o conteúdo ao dia a dia das pessoas.
Desafios - Simulam situações-problema para aplicação prática do conhecimento, promovendo o envolvimento e o protagonismo das pessoas e a tomada de decisão,
agregando emoção à ação de aprendizagem.